COMO REPRESENTAR O NOSSO PLANETA...

01-10-2011 20:55

OS MAPAS

 

Há vários tipos de mapa. 

 

Temos, por exemplo, o planisfério, um mapa que representa a Terra toda. Tem este nome porque, apesar da Terra ser esférica, é aqui representada com uma forma plana. 
 

 Planisfério

 

Não sendo um mapa, o globo é outra forma de representar a Terra.

 
 
 
 

Há também a planta, que usamos para representar realidades mais pequenas, como vilas ou cidades.

Um mapa, para ser compreendido, tem várias ajudas para nos dar, são os…

 

 AUXILIARES DE UM MAPA

Um mapa tem dois auxiliares que devem aparecer sempre, a rosa dos ventos e a escala. Não sendo obrigatório, a legenda é o terceiro auxiliar de um mapa que aparece muitas vezes.

 

ROSA DOS VENTOS – Serve para nos orientar, para nos mostrar as direcções num mapa. Às quatro principais direcções (norte, sul, este e oeste) chamamos os pontos cardeais. Entre estes pontos são-nos indicadas outras direcções pelos pontos colaterais (nordeste, noroeste, sudeste, sudoeste).

 

Todos os mapas devem conter, pelo menos, a indicação de Norte.

 
 
 

 Rosa dos Ventos

 
 
 
 
 

ESCALA – É evidente que um mapa de Portugal não pode ter o mesmo tamanho que Portugal tem na realidade. Tal como uma fotografia representa uma pessoa, mas é mais pequena que a pessoa, também o mapa representa a realidade, mas com um tamanho mais reduzido.

Olhando para o mapa, temos de ter a noção de qual é o tamanho real de Portugal. É a escala que nos dá essa noção e nos diz quantas vezes é que a realidade foi reduzida para “caber” no mapa.

A escala gráfica é a mais usada. Este exemplo, 0|______|20 km, diz-nos que um espacinho igual a este, 1 cm no mapa, equivale a 20 quilómetros na realidade.

 

 

LEGENDA – Só aparece quando há necessidade de dar alguma informação para percebermos melhor o mapa.

 
 
 
 Mapa ferroviário de Portugal e respetiva legenda.
 
 
 

 

COMO REPRESENTAR O NOSSO PLANETA...

 
Sabes indicar quais são os cinco oceanos e os seis continentes?

 

 

Paralelos

   

Para melhor estudar a superfície terrestre, dividimo-la em linhas imaginárias:

O eixo da Terra, em torno da qual faz o seu movimento de rotação, e que a intersecta nos pólos (Norte e Sul).

O Equador que divide a Terra em dois Hemisférios, o Norte e o Sul.

Os Trópicos de Câncer e de Capricórnio, linhas paralelas ao Equador, que separam as zonas temperadas da zona quente.

Os Círculos Polares Árctico e Antárctico, também paralelos ao Equador, que separam as zonas temperadas das frias.

 

 

Os Meridianos

Os Meridianos são linhas perpendiculares ao Equador.

Os fusos horários são estabelecidos com base neles.

Em Portugal regulamo-nos pelo Meridiano de Greenwich.

 

 

 

 

Rosa-dos-Ventos

Pontos cardeais

N - Norte ou Setentrião

S - Sul ou Meridião

E - Este, Leste ou Oriente

O - Oeste ou Ocidente

Pontos colaterais

NE - Nordeste

NO - Noroeste

SE - Sudeste

SO - Sudoeste

A Rosa-dos-Ventos é um esquema em forma de estrela que representa as diferentes direcções dos pontos cardeais e dos pontos colaterais. Todos os mapas devem conter, pelo menos, a indicação de Norte. 

(A direcção O - Oeste - pode vir indicada com W, do inglês West.)

 

 

Antigos mapas portugueses tinham a indicação de Este ou Oriente mais destacada devido ao domínio português nessa zona.

 

Em orientação, um dos aparelhos mais usados é a Bússola. A sua agulha, por magnetismo, indica sempre o Norte (magnético).

 

O planeta azul
Informação retirada do livro HGP - 5.º Ano, Texto Editores


 A Terra é um dos planetas do sistema solar. Vista do espaço, sobressai a sua forma arredondada, a cor azul e os contornos dos continentes e dos oceanos (observa a figura à direita).

O Homem desde há muito que se preocupa em representar a superfície terrestre. O globo, pela forma redonda, facilita a representação da Terra (observa a figura à esquerda).

Porém, como a sua utilização é pouco prática, usam-se também os mapas. Estes podem representar toda a Terra ou apenas parte dela - um continente, um país, uma cidade, uma escola, etc.

Aos mapas que representam toda a Terra - continentes e oceanos - chamamos planisférios - representações planas da superfície da Terra (observa a figura em baixo).

 


Todos os tipos de mapas e ainda outros documentos, como gráficos, textos e fotografias, podem ser agrupados e organizados, contituíndo um atlas. 

 

 

 

   

 

 

O Planeta Terra e a sua representação

 
Para fazeres as atividades, clica nas imagem:
 
 

Fonte:http://www.ribatejo.com/hp/passatempos/actividades.asp

 

Para poderes utilizar um mapa, precisas de conhecer os elementos que permitem interpretar a sua linguagem.

Esses elementos são:


Título: identifica o que está representado. Nos livros, o título do mapa, geralmente, encontra-se na legenda da figura.

  • Legenda: informa sobre o significado das cores e dos símbolos: pontos, linhas, figuras, etc. Por vezes, essa informação encontra-se no próprio mapa, dispensando legenda.
     

  • Orientação: indica a direcção do norte, através de uma pequena seta ouda rosa-dos-ventos.
     

  • Escala: indica quantas vezes a realidade foi reduzida para ser representada no mapa ou planta (mapa que representa um espaço de menor dimensão). Na planta que vês na imagem, a escola foi reduzida 2000 vezes.

 

A escala pode ser apresentada de duas formas:
 

  • Numéica (ex. 1:2000) - significa que cada centímetro no mapa representa 2000 centímetros na realidade.
     

  • Gráfica (ex. |0______20m|) - significa que cada espaço igual ao segmento de recta, no mapa, corresponde a 20 metros na realidade.

    A rosa-dos-ventos aponta o rumo dos:Pontos cardeais
    Pontos colaterais

     

Mapas - Linhas imaginárias


Existem linhas imaginárias que, traçadas sobre o globo ou sobre os mapas, permitem localizar os lugares à superfície da Terra.

Como foram encontradas essas linhas?

A terra roda sobre si própria, executando o movimento de rotação como se girasse à volta de um eixo terrestre - linha imaginária que passa pelo centro da Terra, unindo o Pólo Norte e o Pólo Sul.

Podes também imaginar o equador - círculo perpendicular ao eixo terrestre que divide a Terra em duas partes iguais: Hemisfério Norte e Hemisfério Sul.

Existem ainda outras linhas imaginárias:
- os meridianos - círculos perpendiculares ao equador que passam pelo centro da Terra e a dividem em duas partes iguais;
- os paralelos - círculos menores, paralelos ao equador, que dividem a Terra em duas partes deiguais.